•  
  • portuguese
  • germany
  • chinese
  • english
  • italian
  • deutch
  • russian
  • arabic
  • spanish

Proteção ao consumidor no mercado francês de hipotecas

Proteção ao consumidor no mercado francês de hipotecas

Como um investidor estrangeiro, você pode ficar inclinado a obter financiamento para sua hipoteca francesa do seu banco local, que já é de sua confiança. Porém, conseguir financiamento francês pode oferecer benefícios fiscais, de herança, de câmbio, além de outros benefícios que podem fazem a obtenção de uma hipoteca francesa uma boa idéia. Quando obtendo fundos de um país estrangeiro, você certamente não quer que tirem vantagem de sua inexperiência devido a produtos hipotecários estrangeiros ou barreiras de línguas. O primeiro passo para lhe proteger, além de seus ativos, seria ler alguns de nossos outros artigos sobre o mercado hipotecário francês e se familiarizar com o que está disponível. O segundo passo seria se certificar de ter profissionais bilingues qualificados e interessados nos seus interesses. O terceiro passo seria saber e entender a legislação que o governo francês possui para proteger consumidores que compram bens imobiliários franceses. A legislação francesa provê uma variedade de regras e restrições com as quais emprestadores devem cumprir.

Esta legislação começa a agir antes mesmo que você contate um emprestador. Qualquer anúncio de empréstimo deve claramente identificar o emprestador, as características do empréstimo incluindo o percentual de juros anual, o procedimento de inscrição e o período de atraso. Após sua inscrição para o empréstimo, qualquer oferta preliminar de financiamento deve ser por escrito. Esta oferta preliminar tem que conter detalhes do empréstimo, incluindo um calendário de amortização demonstrando o principal e os pagamentos de juros, as exigências de seguro, opções para transferir o empréstimo para uma terceira pessoa e qualquer custo de cancelamento se o empréstimo não for aprovado. O consumidor tem que ter um mínimo de trinta dias nos quais poder decidir aceitar ou não o empréstimo e suas condições. Uma vez que o empréstimo é finalizado, o consumidor tem onze dias adicionais para reconsiderar e até mesmo cancelar o empréstimo sem penalidade.

Proteções à empréstimos a consumidores continuam até mesmo quando a hipoteca foi finalizada e o dinheiro emprestado. Em evento de uma disputa legal sobre a aquisição da propriedade, é possível suspender os pagamentos da hipoteca até a resolução do problema. Muitas vezes, bancos irão impôr uma penalidade de pré-pagamento caso um consumidor queira pagar o seu empréstimo mais cedo, porém, esta penalidade não poderá ser aplicada se o pré-pagamento for o resultado de uma aposentadoria, morte ou troca de emprego.

A legislação francesa para o empréstimo ao consumidor protege todas as transações imobiliárias com exceção de compras por compradores profissionais ou em leilões. No geral, a lei francesa proporciona um ambiente de empréstimo bastante seguro para emprestadores bem-informados, independente de nacionalidade.

Copyright © ImoFranca.com

Ajude-nos a melhorar nosso website